Ofício da Arte: saiba como se inscrever para as oficinas e palestras do projeto

22/04/2022 - 15:05 Atualizado há 1 dia



A Prefeitura de São Cristóvão, através da Fundação Municipal de Cultura e Turismo (Fumctur), abriu as inscrições para novas oficinas artísticas nos meses de abril e maio. As ações são referentes ao último edital da Lei Aldir Blanc e fazem parte do projeto Ofício da Arte, que busca proporcionar a formação e o aperfeiçoamento de atividades nas áreas culturais e artísticas dentro do município.

 

Os interessados em participar das atividades do projeto podem se inscrever através do site da Prefeitura, mediante preenchimento do questionário digital que pode ser acessado neste link.

 

Segundo a diretora de cultura da Fumctur, Elma Santos, o projeto funciona como um estímulo para os profissionais da arte se reinventarem e terem oportunidades de negócio. “Através do projeto, os artistas podem compartilhar o seu conhecimento para comunidade cultural do município de São Cristóvão. Além disso, as atividades também estão abertas a um público mais amplo, que não necessariamente esteja atuando como profissional da área”, explicou.

 

Elma Santos, diretora de arte da Fumctur

 

Nos dias 26 e 27 de abril, acontecerá a Oficina de Dança - ‘Círculo de Flor’, ministrada pela artista contemporânea Ramanda Kairos, que trará uma dança-terapia por meio de exercícios voltados à consciência corporal com músicas relaxantes e positivas.

 

Já no dia 12 de maio, quem tem interesse no cinema sergipano vai gostar da Palestra ‘Sergipe Tem Cinema’. Organizada pelo pesquisador Wesley Pereira de Castro, será feita uma discussão da história do cinema no estado, além de uma análise de curtas-metragens locais, com exibição de documentários, entre outras atividades.

 

E para os amantes da cultura africana, nos dias 25 e 26 de maio acontecerá a Oficina de Dança - ‘Afro-Brasileira’, facilitada pela professora de dança Cleanis Silva. A ação será composta por dança de matrizes africanas e atividades complementares como contos, itãns, orikis e diversos estilos.

 

Foto: Dani Santos