Novos gestores são nomeados para ocupar secretaria de defesa social e agência reguladora

30/03/2023 - 14:34 Atualizado há 1 dia



Em abril de 2022 foi aprovada a Lei Complementar nº 69/2022 que alterou a estrutura administrativa e organizacional da Prefeitura de São Cristóvão. Algumas mudanças previstas na Lei foram implementadas de imediato, outras careceram de um tempo maior. Dessa forma, para dar início ao trabalho de formulação, formação e implementação dos novos órgãos criados, foram nomeados novos gestores e outros foram transferidos de pasta.

Janine Menezes, secretária de meio ambiente

A Secretaria Municipal de Defesa Social (SEMDS) que vai propor e conduzir a política de defesa social do município, com ênfase na prevenção da violência e realização de programas sociais, passou a ter como secretário o advogado Edmilson Brito que até então respondia pela pasta do Meio Ambiente. Para a Secretaria Municipal do Meio Ambiente (Semma) foi nomeada a arquiteta e urbanista Janine Menezes de Oliveira.

Augustinho, diretor presidente da AMRESC

 

Para a Agência Municipal de regulação dos Serviços Públicos (AMRESC) foi nomeado o vereador licenciado José Augustinho Santos, que antes respondia pela Secretaria Municipal de Relações Institucionais. Para essa pasta foi nomeado o vereador Fernando da Saúde.

 

Ainda neste sentido, responde pela Secretária Municipal de Articulação Parlamentar o ex-vereador Morgan Prado. As demais secretarias não sofreram alterações.

 

O Prefeito Marcos Santana enfatiza que as mudanças são decorrentes da Lei aprovada ano passado. “O tempo que levamos para nomear as pessoas foi por conta da necessidade de discutir as políticas públicas para cada uma dessas pastas, e encontrar o gestor que melhor se encaixa no perfil. Cada um desses novos órgãos criados desempenham uma função dentro do município, sempre com intuito de desenvolver o melhor trabalho e cuidar bem do povo de São Cristóvão”, explicou o prefeito.