Moradores do povoado Pedreiras comemoram a entrega oficial da Rodovia Paraíso das Águas

19/09/2022 - 14:45 Atualizado há 18 horas



No último sábado (17), moradores do povoado Pedreiras e visitantes, reuniram-se na Praça Irmã Magna para acompanhar de perto a solenidade de entrega da obra de reestruturação e pavimentação asfáltica da Rodovia Paraíso das Águas, via que liga a sede do município de São Cristóvão às sete Ilhas que banham o povoado. A obra, que teve um investimento total que ultrapassa R$ 4 milhões e foi realizada com recursos próprios da Prefeitura, tornou-se uma das principais metas da gestão e um dos maiores sonhos daqueles que vivem no local.

 

Rodovia Paraíso das Águas, reestruturada e pavimentada

 

Denildes de Oliveira Santos, marisqueira, relembrou a quantidade de vezes que precisou pegar táxi para vender os seus pescados, porque os ônibus não chegavam até o local em decorrência da lama e dos buracos. “Uma das lembranças que mais me angustia é de quando precisava de transporte para vender os peixes e só os táxis se arriscavam para chegar até aqui. Foi tanto sofrimento que custo a acreditar que a rodovia de fato ficou pronta. Até me emociono quando vejo, por isso agradeço ao prefeito e toda a sua equipe, por trazer essa transformação para a minha vida e a de todos os que moram aqui”, afirmou.

 

Denildes de Oliveira Santos, marisqueira

 

Já a filha de Denildes, a manicure Amanda Hora dos Santos, ressaltou o seu alívio por saber que o seu filho não passará pelos transtornos que ela e a família passaram durante o período em que a rodovia era poeira nos dias de sol e lama em tempo de chuva. “Quando engravidei o meu receio era o de sentir as dores do parto e o transporte não conseguir vir até a minha casa, o que era muito comum por aqui. Carro quebrado, carroça atolada, ônibus que ficava no meio do caminho. Mas graças a Deus quando meu filho nasceu a obra já estava pronta e deu tudo certo. Hoje me sinto feliz por saber que ele não passará pelo mesmo sufoco que já passei, inclusive para ir diariamente à escola”, descreveu.

 

Amanda Hora dos Santos,, manicure

 

Para Carine de Almeida Santos Fontes, marisqueira e moradora do povoado desde que nasceu, essa é uma das tantas obras que tem reacendido na população o orgulho de ser sancristovense. “Temos uma escola toda transformada, que oferece conforto e qualidade para as nossas crianças, ruas com calçamento, beleza natural e agora essa rodovia pronta e linda, o que só reforça o nosso desejo de nunca mais irmos embora desse paraíso, que agora só tende a melhorar”, ressaltou a moradora.

 

Carine de Almeida Santos Fontes, marisqueira 

 

Julio César Souza dos Santos, comerciante, descreveu o seu sentimento com a obra realizada e afirmou que a gestão contribuiu para que ele e toda a população tivessem este sonho realizado. “Eu tenho 47 anos e esse é o tempo que eu espero alguma gestão olhar por nós e fazer o que só essa está fazendo. É um sonho realizado, mas às vezes eu nem acredito que é real, tanto que de vez em quando pego a minha moto só para dar uma volta na pista e pisar nela, só pra contemplar a estrutura, a iluminação”, detalhou.

 

Julio César Souza dos Santos, comerciante

 

Inês Nascimento dos Anjos, aposentada de 78 anos e Rosália Cruz, de 74 anos, também aposentada, nasceram e foram criadas no povoado Pedreiras. Ambas vivenciaram de perto muitas décadas de promessas não cumpridas e aproveitaram para agradecer ao prefeito pela atenção com os moradores do povoado.  “Eu moro aqui desde que nasci, aqui moraram meus pais, meus avós e assim como eles não viram essa evolução, por isso acreditei por muitos anos que não estaria comemorando esse momento. Eu estou tão radiante e grata, que quase não contenho minha emoção”, disse Inês. já Rosália enfatizou o compromisso da gestão com o povo da cidade. “Estamos muito agradecidas porque pela primeira vez, em mais de 70 anos, estamos vendo o desenvolvimento acontecer”.

 

Inês Nascimento dos Anjos, aposentada

 

Rosália Cruz, aposentada

 

Meta, concretização e expectativas da gestão

 

Na ocasião, o Prefeito Marcos Santana cumprimentou  aos que estavam no evento e iniciou a sua fala agradecendo a todos os que estão juntos nessa tarefa de reconstruir a Cidade Mãe de Sergipe. “Gostaria de agradecer a todos os que fazem parte desse projeto de reconstrução da cidade, especialmente, em nome de toda equipe, ao nosso secretário de infraestrutura, Júlio Nascimento Júnior, a quem foi dada a responsabilidade de tornar essa obra uma realidade. Esse é um dos dias mais felizes da minha vida. Que durante os próximos dois anos continuemos executando e concretizando sonhos, para que a nossa querida São Cristóvão tenha o seu desenvolvimento merecido”, frisou.

 

Marcos Santana, prefeito de São Cristóvão

 

O secretário da Seminfra, Júlio Nascimento Júnior, enfatizou que esta foi uma obra muito esperada não apenas pela população, mas para a gestão, que traçou o objetivo e com recursos próprios conseguiu concretizar. “Dentre as tantas obras que já concluímos no município, esta é a primeira de grande magnitude que estou entregando em minha gestão e com recursos próprios do município. Por isso considero esse momento de muita alegria porque estamos realizando um sonho antigo da população, que já sofreu muito com lama, buracos e poeira. Antes de iniciarmos essa demanda traçamos uma meta e nesse momento da entrega, vendo o olhar dos moradores aqui reunidos, comemorando essa conquista, a emoção toma conta”, ressaltou.

 

Júlio Nascimento Júnior, secretário da Seminfra

 

Paola Santana, presidenta da Fundação Municipal de Cultura e Turismo (Fumctur), afirmou que  “a rodovia, além de dar qualidade de vida aos moradores, acreditamos que vem para impulsionar o turismo pelo grande potencial que tem a região. Com a conclusão dessa obra os terrenos já foram valorizados, construtoras tem se interessado pelo local para a construção de condomínios, já tem pousada, restaurantes, além do aumento constante do número de visitantes. Então além da mobilidade, o que queremos é que essa estrada venha proporcionar a geração de mais empregos e renda para o município”, disse.

 

Paola Santana, presidenta da Fumctur

 

 

 

 

 

 

Fotos: Heitor Xavier