MC Tha é mais uma atração confirmada para o Fasc 2022

09/09/2022 - 17:06 Atualizado há 5 minutos



Abram os caminhos que a paulistana MC Tha está chegando em São Cristóvão! A cantora paulistana é mais uma das confirmadas para o 37º Festival de Artes de São Cristóvão (Fasc), que acontece de 01 a 04 de dezembro na Cidade Mãe de Sergipe. Além da funkeira, também já estão confirmados outros seis artistas: Larissa Luz, Alceu Valença, The Baggios, Gal Costa, Emicida e Hiran. 



Ancestralidade, religião, espiritualidade e suas descobertas enquanto mulher negra, são algumas das temáticas que a MC perpassa na construção de uma identidade sonora que mescla o funk e o pop com elementos percussivos, conectando a música à sua vivência. Para o Festival de Artes de São Cristóvão, a artista traz seu novo trabalho “Meu Santo É Forte”, que conta com regravações de uma seleção de músicas afro-religiosas de Alcione.



O trabalho é composto por cinco faixas: “São Jorge”, “Figa de Guiné”, “Corpo Fechado”, “Afrekete” e “Agolonã”, lançadas originalmente entre as décadas de 1970 até os anos 2000 pela Marrom. As três primeiras ganharam na nova versão um coro especial da Comunidade Jongo Dito Ribeiro. O projeto se desdobra agora em um novo show, que tem a direção e os beats assinados por Mahal Pita (ex-integrante do BaianaSystem), as guitarras de Chibatinha (ÀTTØØXXÁ) e a percussão de Rayra Maciel e Ana Beatriz. 



Toda a inventividade que rodeia o novo trabalho, somada à conexão com a música por meio do funk e dos ritmos afro-religiosos, foram pensadas pela MC para reforçar o poder ancestral que cerca a sua existência, reverenciando quem veio antes e reconstruindo o passado, presente e futuro à sua maneira. Além deste novo trabalho, também estarão presentes no show grandes hits que fazem parte da carreira da artista, a exemplo de “Rito de Passá” e “Comigo Ninguém Pode”.



O Festival

 

Em 2022, o Festival de Artes de São Cristóvão celebra 50 anos de história, e contará, além de muita música, com apresentações teatrais, dança, literatura, feiras gastronômicas, artesanato, palestras, oficinas e exposições. O evento terá uma programação que será distribuída em locais públicos, organizados de forma a garantir acessibilidade e sustentabilidade gratuitamente em todo o Centro Histórico e outros pontos da cidade. 

 

A expectativa é que mais de 30 mil pessoas circulem diariamente pelas ruas históricas e por sua praça patrimônio da humanidade, ambas chanceladas pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN) e pela Unesco, respectivamente. Ao todo serão 15 locais preparados com toda estrutura necessária para receber as apresentações e o público. 

 

O evento é promovido pela Prefeitura de São Cristóvão, por meio da Fundação Municipal de Cultura e Turismo João Bebe Água (Fumctur).