Mais seis artistas são anunciados para o Festival de Artes de São Cristóvão

07/11/2022 - 16:43 Atualizado há 2 horas



Divulgados na última sexta-feira (04), os artistas musicais Mulheres na Roda de Samba, Pedro Luan, Skabong, Samba das Pretas, MARIAMILENA e Lucas Campelo são os novos nomes que estarão na 37ª edição do Festival de Artes de São Cristóvão (FASC). O evento acontece nos dias 01 a 04 de dezembro na Cidade Mãe de Sergipe.

 

O Festival conta também com nomes da música sergipana, nacional e internacional que já estão confirmados anteriormente, como Diogo Nogueira, Emicida, Isis Broken, Remmah, Alceu Valença e muitos outros. Lembrando que nesta quarta-feira (09), às 8h, no auditório do Paço Municipal, ocorrerá a coletiva de imprensa em que será divulgada a programação oficial do evento. 

 

Conheça os artistas!

 

Mulheres na Roda de Samba - 

Formado pela união de cantoras e instrumentistas sergipanas, o movimento de Mulheres na Roda de Samba é uma rede de apoio que busca diversificar interpretações, dando vez e voz a diferentes mulheres, numa expressão plural da sonoridade produzida pela sororidade entre artistas sergipanas.

 

Pedro Luan -

O jovem músico aracajuano apresentará o seu mais recente álbum ‘Conversa’, lançado em 2021, para estimular uma profunda reflexão sobre a importância do diálogo entre as pessoas bem como entre as músicas escolhidas para compor o repertório. Além disso, o setlist também apresenta canções do seu pai, o cantor Rogério, bem como de outros compositores sergipanos e clássicos compostos por nordestinos.

 

Skabong - 

O Skabong é uma banda fundada em 2013 que sofre influências do skacore, hardcore e reggae. Atualmente o grupo conta com Sarah Bini nos vocais, Rudson Marques e Gabriel Noah nas guitarras e backing vocals, Gustavo Andrade no baixo e Victor Hugo na bateria e backing vocals.

 

Samba das Pretas -

Trazendo o show ‘O Samba é uma Mulher Preta”, as vozes de Lari Lima, Anne Carol, Lívia Aquino e Karol Paixão apresentam o repertório que faz um passeio pelo que há de melhor nos sambas tradicionais e da atualidade com o objetivo de conectar pessoas por meio da música, arte e cultura, exaltando a força da mulher preta e brasileira. 

 

MARIAMILENA - 

O duo Maria Alcântara e Milena Barreto se conectaram pelo amor à arte e juntas, elas conquistam mais seguidores com suas vozes e composições. Donas de uma sensibilidade ímpar, elas não são apenas intérpretes. Elas também possuem músicas autorais no repertório, algumas já disponíveis nas plataformas digitais, fortalecendo o movimento da música realizada por mulheres.

 

Lucas Campelo - 

Nascido em Aracaju, herdou do pai a paixão pela sanfona e da mãe professora, o amor pela educação. Atualmente atua como professor de sanfona e piano no Conservatório de Música de Sergipe e também compõe o quadro de sanfoneiros da Orquestra Sanfônica de Aracaju. É também idealizador do projeto “D’Sergipe: através das canções”, em que fomenta e enaltece a cultura sergipana através de seus compositores e mestres.