Live comemora os 15 anos da criação da Lei Maria da Penha

27/08/2021 - 15:17 Atualizado há 5 horas



Celebrando a criação da Lei Maria da Penha, a Secretaria Municipal de Assistência Social e do Trabalho (Semast) organizou na manhã desta sexta-feira, 27, a live: “15 anos da Lei Maria da Penha: Avanços e Desafios”. O evento, que contou com as palestras da delegada da Polícia Civil, Ana Carolina Machado Jorge e da secretária de Semast, Lucianne Rocha Lima, reuniu internautas de todas as secretarias municipais.


“Pactuando esse trabalho de implantação e ampliação das políticas públicas de proteção à mulher em nossa cidade. Assim, agradecemos à polícia por essa parceria, que foi efetivada há um ano, quando demos os primeiros passos para a criação da Delegacia de Atendimento a Grupos Vulneráveis (DAGV). Agradeço aos colegas da administração municipal, que participaram desta live, endossando essa corrente de proteção a todas as pessoas que precisam deste apoio”, disse a secretária da Semast, Lucianne Rocha Lima.


Em sua fala, a delegada da Polícia Civil, Ana Carolina Machado Jorge, relembrou também que há um ano iniciaram-se, em São Cristóvão, as discussões para a criação da Delegacia de Atendimento Grupos Vulneráveis (DAGV), esta como forma de garantir mais segurança, e a efetivação das políticas de proteção.


“Agradeço pelo convite desta live e também à gestão municipal da cidade de São Cristóvão por tratar com seriedade essa questão. Precisamos voltar nosso olhar para a pluralidade das mulheres, e neste contexto pontuo o papel da Polícia Civil, como uma das formas de garantir com que as mulheres sancristovenses estejam mais seguras, enfatizando que nosso papel não é apenas proteger, mas sim de investigar situações e trabalharmos para que o contexto da proteção seja compreendido de forma mais ampla, incluindo também as relações homoafetivas, as transexuais, etc. Lembrando que a Lei Maria da Penha protege qualquer tipo de violência familiar, onde não necessariamente precise apenas existir cenário de violência entre marido e mulher”, pontuou.


A diretora de trabalho da Semast, que na ocasião assistiu à live como parte do público, Neusa Malheiros, pontuou a importância da Prefeitura de São Cristóvão trazer essa discussão para todas as outras secretarias municipais. “É um prazer imenso estarmos discutindo esse tema que foi construindo há 15 anos. Muito importante este momento, que é histórico para a nossa cidade, que no passado até criou um grupo de discussão para este tema, porém, o mesmo não foi adiante. Hoje temos essa discussão fazendo parte das decisões públicas voltadas para à proteção das mulheres de nossa cidade. Ainda discutimos praticamente as mesmas questões de 15 anos, mas creio que esse debate vem sendo amplamente tratado hoje em dia, e isto é fundamental. A violência é histórica na vida das mulheres, e o compromisso com uma política de proteção é obrigação de todos nós”, frisou.

 

Participando como convidado da live, o prefeito Marcos Santana cumprimentou o público, e enfatizou o papel da gestão municipal no combate à violência contra à mulher. “Nossa administração estará sempre apoiando as políticas de proteção à mulher como direito e uma obrigação nossa em contribuirmos para que a violência não ganhe espaço em nossa cidade. Esperamos evoluirmos, enquanto administração pública, para ampliarmos esses direitos às cidadãs de nossa cidade, através de ações de proteção e combate à violência. Vamos atuar cada vez mais para trabalharmos de forma abrangente esse assunto”, disse.

Marcos Santana acompanhando a live 

 


Fotos: Dani Santos.