Linha de crédito do Banese é apresentada para produtores de São Cristóvão

25/03/2022 - 16:51 Atualizado há 6 dias



A Prefeitura de São Cristóvão, por meio da Secretaria de Meio Ambiente Agricultura e Pesca (Semap), realizou nesta manhã (25) a intermediação entre o Banco do Estado de Sergipe (Banese) e os pequenos, médios e grandes produtores da cidade. O objetivo foi apresentar o Programa Banese Mais Agro, que visa conceder linha de crédito no intuito de fomentar o desenvolvimento de toda a produção agrícola local, alavancar o investimento do setor, além de possibilitar a geração de emprego e renda no município.

 

Na ocasião, as linhas de crédito foram apresentadas e debatidas entre todos os agricultores envolvidos, independente do porte, porém, com uma atenção especial para aqueles que possuem menos estrutura e mais dificuldades, conforme enfatizou Cláudio Giroto, gerente de negócio do Banese. “Nós temos linhas de crédito disponibilizadas para qualquer tipo de atividade rural e, o principal, as taxas são bem acessíveis, principalmente para os que necessitam de mais suporte financeiro. Qualquer coisa que o produtor rural precisar, nós temos solução, inclusive temos alternativas para o sancristovense que desejar adquirir uma propriedade rural e adentrar neste universo”, explicou.

 

Cláudio Giroto, gerente de negócio do Banese

 

O gerente do Banese salienta quão importante é o trabalho da Semap, no tocante a dar ampla assistência ao setor através do corpo técnico que compõe a equipe, o que ele considera fundamental para a economia da cidade.

 

De acordo com o secretário da pasta, Edmilson Brito, o intuito da gestão é o de ampliar as possibilidades e dar poder de opção aos agricultores. “Nosso intuito é sempre trazer novas possibilidades e por isso não podemos trabalhar apenas com uma instituição. Pela explicação prévia da gerência, estamos trazendo uma instituição que garante os menores juros, o que facilita na expansão dos negócios dos pequenos produtores e iniciantes, este é o nosso objetivo”, enfatizou.  

 

Edmilson Brito, secretário da Semap

 

Para o coordenador de agricultura e pesca da Semap, Anderson Cardoso, essa oportunidade envolve todas as áreas voltadas para o agronegócio local, como os agricultores, os pecuaristas, carcinicultores e pescadores. “Esta já é a terceira instituição financeira que trazemos e achamos interessante a linha de crédito lançada pelo Banese, tendo em vista o fomento ao acesso deles ao crédito. Sabemos que estas atividades necessitam de financiamento e, consequentemente, apenas com investimento é possível crescer”, afirmou o coordenador.

 

Anderson Cardoso, coordenador de agricultura e pesca da Semap

 

Andréia Lima é uma produtora rural sancristovense e garante que iniciativas como esta só vêm agregar aos seus objetivos, que é o de desenvolver o seu negócio. “O maior entrave para o crescimento da nossa produção é justamente conseguir o crédito, mas a gestão de São Cristóvão está de parabéns por não nos deixar esquecidos e por sempre trazer essa gama de possibilidades. Precisamos de investimento para tudo e às vezes o produtor não tem de onde tirar para investir, ao mesmo tempo precisamos analisar todas as oportunidades, ver qual o melhor caminho e aqui, com o acompanhamento e o suporte da Semap, nós podemos fazer isso”, pontuou.

 

Andréia Lima, produtora rural sancristovense

 

Fotos: Yago de Andrade