Jogos de ida das semifinais da Copa Cidade Mãe são realizados no Campo do Limão

13/06/2022 - 15:27 Atualizado há 3 dias



No último domingo (12), o Campo do Limão (sede) foi o palco de início dos jogos de ida da semifinal da Copa Cidade Mãe de Futebol Amador. Com os jogos de ontem e os do próximo domingo (19), as quatro melhores equipes irão disputar para garantir as duas sonhadas vagas na fase final da competição.  

 

A primeira partida ocorreu entre Real Cabrita e Eduardense, em que o time do Povoado Cabrita deu orgulho à sua torcida e venceu sem muito trabalho por 3x0. Agora, o Eduardense precisará dar tudo de si para reverter a situação no próximo domingo.

 

 

O técnico do Real Cabrita, Robson Santos, elogiou o trabalho da Prefeitura na organização da competição e a considerou como uma das melhores disputas que o time participou até o momento. “Mérito para nossa equipe porque foram mais de 40 times e estamos entre os quatro melhores. Isso é de grande orgulho para nós que moramos no Povoado Cabrita, de fazer uma equipe desse nível para chegar na reta final da competição até agora”, declarou.

 

Robson Santos, técnico do Real Cabrita

 

Representando o time vencedor, o jogador Fábio Mito, agradece pela visibilidade que o campeonato traz e espera se classificar para a grande final. “A Prefeitura tá de parabéns, o esporte envolve muita gente, tanto torcedor como comerciante. Eu espero que continuem organizando eventos como esse”, falou.

 

Fábio Mito, jogador do Real Cabrita

 

Já o técnico do Eduardense, Alison, conhecido como ‘Cachorrada’, comentou que apesar das dificuldades, o time conseguiu passar pelos problemas e se fortalecer, e aguarda confiante pelo próximo jogo. “É importante ter esse apoio do esporte amador em São Cristóvão, dando apoio às equipes. Temos só a agradecer o que a Prefeitura está fazendo, pois não é qualquer gestão que promove isso”, finalizou.

 

Alison, técino do Eduardense

 

O segundo confronto das semifinais foi entre PSC e o Atlético, que terminou no empate em 1x1. As equipes também retornam ao Campo do Limão dia 19 para o jogo de volta da disputa. 

 

 

Copa de todos

 

Para o secretário de Esporte e Lazer de São Cristóvão, Klewerton Siqueira, a expectativa é enorme considerando os quatro times que se destacaram entre os 44 participantes. “A cada fase que avançamos nós temos mais expectativas em relação às equipes que se classificam e já estamos ansiosos para saber quem será o vencedor que levará o prêmio em dinheiro e o troféu da 1º Copa Cidade Mãe do Futebol. Temos acompanhado bons jogos, que além de movimentar a prática esportiva na cidade, também tem fomentado a economia no município”, disse.

 

Klewerton Siqueira, secretário de esporte e lazer

 

Ancelmo é vendedor de caldo de cana e tem buscado estar presente nas partidas da Copa para comercializar. Ele aproveitou o momento para agradecer o trabalho da gestão. “Não tenho o que reclamar, tá muito legal e o rendimento daqui melhorou bastante”, expressou.

 

Ancelmo, vendedor

 

A torcedora e moradora do Povoado Cabrita, Andreia Maria, veio prestigiar o jogo e ressaltou a importância do torneio como forma de mostrar o potencial da região em que mora. “É uma grande oportunidade para eles, são ótimos jogadores e merecem estar na final”, concluiu.

 

Andreia Maria, moradora do Povoado Cabrita

 

Gilson da Silva é morador do Eduardo Gomes e esteve presente para torcer pelos times do Real Cabrita e do Atlético. “Nunca vi uma Copa tão organizada como essa, tem juiz, transporte para os jogadores, a Prefeitura está fazendo um ótimo trabalho”, acrescentou. 

 

Gilson da Silva, morador do Eduardo Gomes

 

Fotos: Dani Santos