Escolas do município recebem placas em agradecimento à participação na Campanha de Combate ao Abuso e Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes

14/06/2021 - 16:19 Atualizado há 7 horas



A Secretaria Municipal de Assistência Social e Trabalho (Semast), através do Centro de Referência Especializado de Assistência Social (CREAS), realizou nesta segunda-feira (14), a entrega de placas às escolas do município em agradecimento a parceria da Secretaria Municipal de Educação (Semed) na Campanha de Combate ao Abuso e Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes, realizada em maio.

 

De acordo com a coordenadora do CREAS de São Cristóvão, Beatriz Albuquerque, por conta da pandemia, as ações alusivas ao dia 18 de maio (data de culminância da campanha) foram modificadas para que as crianças e adolescentes do município fossem contempladas mesmo que de casa. “A articulação com a Semed foi a maneira que encontramos para chegar até as crianças e adolescentes do município neste momento. Conseguimos levar a campanha para todas as escolas do município, disponibilizando os conteúdos informativos e atingindo um grande número de pessoas que fazem parte desse público”, informa a coordenadora.

 

As ações da campanha ocorreram entre os dias 17 a 21 do último mês, levando até os alunos da rede municipal materiais informativos e lúdicos sobre a temática. Prezando pela reflexão e alerta, os conteúdos foram produzidos pelas equipes do CREAS. Neste período, foram exibidos vídeos e apresentadas leituras de livros, além da utilização da ferramenta TikTok  para levar as informações às crianças e adolescentes.

 

 

Ainda conforme a coordenadora do CREAS, “finalizamos as ações da campanha com a entrega das placas que é uma forma de agradecer a parceria da Semed. É uma maneira de ajudar no matriciamento, quando estamos apresentando um pouco do serviço da assistência para todas as escolas e buscando fortalecer projetos futuros”, explica a coordenadora.

 

A EMEF Gina Franco foi uma das escolas que receberam a placa em agradecimento. Para a diretora da instituição de ensino, Daniela Melo, as escolas são fundamentais no processo de levar o conhecimento às crianças e adolescentes sobre assuntos como o abuso e exploração sexual. “Nós lidamos diariamente com alunos que por vezes passam por esse tipo de situação. Então a parceria com a Semast é muito importante para efetivar os direitos da criança e do adolescente, e também de conscientizar os professores sobre esses assuntos”, aponta a diretora.