Encontro “Cuidando do cuidador” é realizado com grupo de mães de autistas em São Cristóvão

31/03/2022 - 17:23 Atualizado há 26 minutos



Encontro “Cuidando do cuidador” é realizado com grupo de mães de autistas em São Cristóvão
Mais um encontro com o grupo de mães de crianças com autismo foi realizado na manhã de hoje (31) no Centro Especializado (CER) Dr. Raimundo Aragão, no bairro Lorival Batista.

 

 

 

 

O evento “Cuidando do cuidador” foi voltado para mães, avós, tias e mulheres que cuidam de crianças com autismo ou algum tipo de deficiência e são atendidas no CER Dr. Raimundo Aragão. O encontro ocorre mensalmente e é promovido por profissionais do próprio Centro, como fisioterapeutas, fonoaudiólogos, assistentes sociais, psiquiatras e psicólogos.

 

 

 


Em um primeiro momento foi realizada uma roda de conversa sobre a importância do autocuidado com a assistente social Kátia Shirley, da Equipe Multiprofissional de Atenção Especializada em Saúde Mental (EMAESM/São Cristóvão).
Depois foram realizadas orientações pela fisioterapeuta Cristiane Leoni sobre ergonomia em atividades diárias, com foco na melhoria da postura ao fazer atividades cotidianas.

 

 

 

 

Em seguida houve um momento de ginástica laboral com alongamento feito pelos fisioterapeutas Gardênia Fortunato e Juliana Santos e por fim, a aplicação de Práticas Integrativas. A auriculoterapia foi realizada pela profissional Solange Silva, Técnica de enfermagem e terapeuta do Programa Melhor em Casa e a osteopatia, quiropraxia, liberação miofacial e acunputura feitas com os fisioterapeutas Pablo Vinícios e Cristiane Leone.

 

 

 

 



“As atividades desenvolvidas pelas mulheres na sociedade são sempre muito complexas e cheia de afazeres. Quando essas mulheres estão diretamente envolvidas com o cuidado de alguém que precisa muito delas, como a criança com autismo ou deficiência, elas se doam demais e acabam esquecendo de cuidar delas, e isso causa um grande impacto após alguns anos, por isso se faz necessário momentos como estes, de conversa, de cuidado, de distração e troca de experiências ”, explica Ingrid Santos, coordenadora da Atenção Especializada da SMS.

 

 

 

 


“O cuidado a elas é também uma forma preventiva de evitar lesões no futuro. Esses encontros são mensais e abordarmos também diversos assuntos como alimentação, direitos desas mulheres e das crianças, cercando elas de ações e de cuidado constante”, finalizou.