Confira o vencedor do Concurso de Cartazes do 37° Festival de Artes de São Cristóvão

25/08/2022 - 17:09 Atualizado há 5 horas



A Prefeitura de São Cristóvão divulgou nesta quinta-feira (25), o vencedor do Concurso de Cartazes do Festival de Artes de São Cristóvão (Fasc). Após passar por avaliação da comissão organizadora, o cartaz “Cidade Mãe em Festa”, produzido por Matheus Nunes Augustinho foi o selecionado para representar a 37ª edição do evento que celebra 50 anos de história em 2022. 

 

A comissão de seleção avaliou as artes inscritas a partir de critérios como: clareza e conformidade com o edital; comunicação do tema proposto no cartaz; além da estética e originalidade da obra. 

 

O designer e vencedor do concurso, Matheus Augustinho, conta que essa foi a primeira vez que participou da disputa. Segundo ele, a obra foi produzida em dois dias. “A ideia inicial surgiu rápido, eu só precisei mesmo organizar quais elementos seriam mais representativos e ilustrar, utilizando ferramentas para arte digital, que é a minha principal ferramenta de trabalho atualmente”, conta.

 

Designer e vencedor do concurso, Matheus Augustinho

 

Ele detalha que utilizou diversas referências da Cidade Mãe de Sergipe para elaborar o cartaz. “Desde criança, eu sempre tive contato com a cidade. Manifestações culturais, religiosas e culinária de São Cristóvão sempre estão entre as minhas melhores memórias afetivas. Para celebrar os 50 anos, eu quis trazer essa representação da Cidade em festa, em movimento. Janelas, grades que são referências arquitetônicas únicas, as ladeiras das ruas, a diversidade das pessoas, manifestações culturais, os briceletes, as cores. Minha ideia principal foi realmente trazer esses elementos representativos festejando entre si”, explica. 

 

Para ele, é gratificante ter participado e vencido o concurso, ainda mais em uma edição em que o Festival celebra 50 anos de existência. “Sensação ímpar! Na verdade, ainda estou assimilando tudo isso. Felicidade mil! Para mim é extremamente significativo por toda a representatividade da nossa cultura, ter esse espaço de resgate e continuidade para celebrar nossas raízes é impagável. Só felicidade, gratidão e honra por ter meu trabalho representando o Festival e a Cidade Mãe”, afirma.

 

Matheus finaliza descrevendo que, para ele, o Festival de Artes de São Cristóvão representa a festa da diversidade. “O FASC é um dos maiores e mais importantes festivais de Sergipe e é um espaço que abrange, harmonicamente e de forma tão sublime, todas as pessoas. Para mim, sempre é uma experiência única e linda!”.

 

Cartaz “Cidade Mãe em Festa”, de autoria de Matheus Augustinho

 

50 anos de Fasc 

 

O Fasc foi iniciado nos anos 1970, e serviu de palco para grandes artistas sergipanos e nacionais, para que pudessem expressar suas produções artísticas nas mais diversas modalidades. O evento foi descontinuado em 2005 e retornou em 2017 resgatando a proposta dos antigos festivais e reacendendo a programação cultural da Cidade Histórica.

 

Em 2022, dois anos após pausa por conta da pandemia de Covid-19, o Festival retorna ao formato presencial e promete ser o maior de todos os tempos, trazendo grandes nomes da cultura local e nacional. A cantora Gal Costa e os rappers Emicida e Hiran são algumas das atrações já confirmadas. A expectativa é que mais de 30 mil pessoas circulem diariamente pelas ruas históricas e por sua praça patrimônio da humanidade, ambas chanceladas pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN) e pela Unesco, respectivamente.