CEAC São Cristóvão: população tem até seis meses para retirar carteiras de identidade após emissão

19/12/2022 - 17:01 Atualizado há 6 horas



Desde maio deste ano, a Prefeitura de São Cristóvão, em parceria com o Instituto de Identificação de Sergipe, através do Centro de Atendimento ao Cidadão (CEAC) tem firmado compromisso no atendimento das demandas da população sancristovense na emissão da 1º e 2º via de carteira de identidade. Neste sentido, o posto de identificação do CEAC do Eduardo Gomes ressalta que a população local tem o prazo de até seis meses para retirar o documento após a emissão. 

 

De acordo com Dalviane Pereira, coordenadora do posto  de identificação da SSP em São Cristóvão, há casos de pessoas em que o documento chegou no posto no mês de julho e que não foram retirados desde então. “Nesses casos, quando a carteira completa seis meses dentro do posto, ela acaba sendo devolvida a sede do Instituto de Identificação e o protocolo é finalizado, podendo assim o usuário solicitar emissão de outra via. É importante lembrar que enquanto a carteira está pendente, o cidadão não pode fazer nova solicitação em nenhum posto de identificação em Sergipe,  enquanto não finalizar o processo que foi iniciado”, explicou.

 

Dalviane Pereira, coordenadora do posto  de identificação da SSP em São Cristovão

 

Também é bom salientar de que após a coleta biométrica, o cidadão recebe um número de protocolo que possibilita o acompanhamento do processo de emissão pelo site da Secretaria de Estado da Segurança Pública de Sergipe (SSP/SE), informando a data prevista de entrega e ponto de retirada do documento, que é a unidade onde é feito o atendimento.

 

Para retirada da carteira apenas o cidadão pode resgatá-la, enquanto que em casos de menores de 18 anos, o resgate fica a cargo do responsável, salvo exceções que podem ser sanadas no próprio posto de atendimento.

 

Atendimento e entrega

 

O CEAC do Eduardo Gomes fica na antiga subprefeitura e atende ao público para emissão de carteira de identidade,  de segunda à sexta-feira das 8h até 12h30 e a entrega do documento acontece nos mesmos dias, das 9h às 13h. 

 

Para efetuar o atendimento, o cadastro deve ser feito antes para evitar transtornos e as vagas são liberadas para agendamento toda sexta-feira a partir das 17h, através do site www.agendafacil.se.gov.br, para que o cidadão seja atendido na semana seguinte. Idosos a partir dos 70 anos, pacientes oncológicos e autistas, não precisam agendar, basta que cheguem ao local e sigam as orientações recebidas. Após o agendamento é preciso que o interessado compareça com a documentação correta para que seja possível a emissão do RG. 

 

Documentos necessários

 

Certidão de nascimento original ou cópia autenticada para pessoas solteiras; certidão de casamento original ou cópia autenticada para casadas e certidão de casamento original com averbação ou cópia autenticada para pessoas separadas judicialmente, divorciadas ou viúvas. Os documentos opcionais são: CPF; PIS/PASEP; Título de eleitor; Carteira de Trabalho e Carteira Nacional de Habilitação. Importante lembrar que toda documentação deverá estar legível e em bom estado.

 

Fotos: Heitor Xavier