CEAC de São Cristóvão emite mais de 1600 carteiras de identidade em cinco meses de funcionamento

21/10/2022 - 16:59 Atualizado há 5 horas



A Prefeitura de São Cristóvão, em parceria com o Instituto de Identificação de Sergipe, através do Centro de Atendimento ao Cidadão (CEAC), emitiu mais de 1600 carteiras de identidade desde o dia 23 de maio deste ano, data que iniciou o serviço no bairro Eduardo Gomes. O intuito é o de atender às demandas da população sancristovense na emissão da 1ª via e 2ª via do documento.

 

Segundo Dalviane Pereira Nascimento Santos, coordenadora do posto de identificação do CEAC do Eduardo Gomes, o atendimento é de suma importância para a população local, que não precisa se deslocar para adquirir o RG em Aracaju. “Atendemos em média aproximadamente 30 pessoas diariamente, tanto da grande Rosa Elze quanto do Centro Histórico da cidade. E o saldo positivo é a satisfação do povo com a agilidade no processo para a emissão do documento. A maioria possui uma rotina agitada e geralmente esse tipo de serviço demanda tempo, por isso é satisfatório o CEAC perto de casa”, explicou.

 

Dalviane Pereira Nascimento Santos, coordenadora do posto de identificação do CEAC do Eduardo Gomes

 

A coordenadora ainda informa que o serviço é gratuito para quem vai à procura da 1ª via, porém há uma taxa simbólica para aqueles que necessitam da 2ª via porque perderam ou danificaram o documento. “O valor da 2ª via é de aproximadamente vinte reais, porém, existem as exceções, a exemplo de casos em que houve furto ou roubo, com a apresentação em até 30 dias do Boletim de Ocorrência feito na delegacia e com as devidas assinaturas, além da gratuidade também para aqueles que possuem um relatório enviado pelo Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) atestando que a pessoa não tem condições de pagar, uma vez que este é um direito básico de todos os cidadãos”, detalhou.

 

 

 

Moradores atendidos no CEAC

 

Para a autônoma Salete Ferreira da Silva, o CEAC veio para facilitar a vida dos moradores. “Eu perdi a minha carteira de identidade e vim até aqui para fazer a 2ª via. Estou super satisfeita com o atendimento, que é rápido e de qualidade e ainda mais feliz porque moro pertinho e me sobre tempo para realizar as outras atividades do dia a dia”, disse Salete, que é moradora do bairro Rosa Maria.

 

Salete Ferreira da Silva, autônoma

 

Fabrício Santos, cozinheiro, foi ao CEAC para emitir a carteira de identidade do filho, que em breve necessitará do documento para a realização de cuidados com a saúde. “Dessa vez eu vim pelo meu filho que em breve precisará do documento e fiquei surpreso com a facilidade desde o processo de agendamento. Enxergo essa iniciativa como uma forma de respeito com os moradores, porque agiliza para aqueles que precisam do documento e não tem tempo e nem condições de se deslocar para outra cidade”, salientou.

 

Fabrício Santos, cozinheiro

 

Atendimento e entrega

 

As vagas são liberadas para agendamento toda sexta-feira a partir das 17h, através do site www.agendafacil.se.gov.br, para que o cidadão seja atendido na semana seguinte. Idosos a partir dos 70 anos, pacientes oncológicos e autistas, não precisam agendar, basta que cheguem ao local e sigam as orientações recebidas. Após o agendamento é preciso que o interessado apareça com a documentação correta para que seja possível a emissão do RG.

 

O atendimento ao público é realizado de segunda à sexta-feira das 8h até 12h30 e a entrega do documento acontece nos mesmos dias, das 9h às 13h.

 

Documentos necessários

 

Certidão de nascimento original ou cópia autenticada para pessoas solteiras; certidão de casamento original ou cópia autenticada para casadas e certidão de casamento original com averbação ou cópia autenticada para pessoas separadas judicialmente, divorciadas ou viúvas. Os documentos opcionais são: CPF; PIS/PASEP; Título de eleitor; Carteira de Trabalho e Carteira Nacional de Habilitação. Importante lembrar que toda documentação dever estar legível e em bom estado.

 

Fotos: Heitor Xavier