Caravana do Desenvolvimento: moradores do Tijuquinha relatam expectativas com mais uma obra de pavimentação

27/05/2022 - 17:38 Atualizado há 16 horas



A Prefeitura de São Cristóvão, através da Secretaria Municipal de Infraestrutura (Seminfra), não tem medido esforços quando se trata de investir na execução de importantes obras estruturantes, com o intuito de melhorar a mobilidade urbana e a acessibilidade da população. Por isso, a Caravana do Desenvolvimento avança por todos os cantos da cidade, realizando obras de drenagem, pavimentação, urbanização e paisagismo, a exemplo da Rua São Francisco, um importante acesso que liga o bairro Luiz Alves ao Tijuquinha, cuja obra iniciou na última quinta-feira (27), com investimento de aproximadamente R$700 mil e previsão para finalizar no período de cinco meses.

 

Moradora do local há mais de 41 anos, Maria Cícera Pereira Resende, diz que pela primeira vez em tantos anos sente a população valorizada pela gestão do município. “Essa é a melhor administração que a cidade já teve, pelo volume de serviços que vêm sendo realizados. Graças a Deus chegou a vez da minha rua, pois não agüentava mais de tanta poeira e lama. Além da dificuldade de locomoção, que eu tenho propriedade para falar, por ter uma filha com deficiência física. Já sofremos demais, inclusive eu achei que estivesse com alguma doença ruim de tanta alergia à poeira. Eu confesso que nem acreditava mais, mas hoje eu estou feliz por saber que vou desfrutar dessa melhoria”, explicou.  

 

Maria Cícera Pereira Resende, aposentada

 

Maria José Resende, filha de Maria Cícera, reforça a fala da mãe quando relata os transtornos que já teve de enfrentar por falta de acessibilidade e agradece pela obra que é um alento diante de todas as dificuldades que ficarão no passado. “Lama, poeira, buraco, tudo isso atrapalha muito na minha locomoção. Agora vai melhorar bastante, não falo isso apenas por causa da minha deficiência, mas ficará melhor para todos. Agradeço demais à gestão que sempre me ouviu com atenção e agora atendeu aos meus apelos”, afirmou.

 

Maria José Resende, estudante

 

Maria Ângela, possui uma mercearia nesta rua e salienta a importância da obra para a população em geral. Ela menciona o valor que será dado aos imóveis, inclusive para o seu comércio. “Eu não consigo manter a casa limpa e isso reflete no meu comércio, que vende alimentos e não podem ficar empoeirados. Essa obra está sendo uma benção em nossas vidas, porque além de resolver questões de higiene e saúde, ajuda na valorização dos imóveis, no aumento das minhas vendas porque vai facilitar a locomoção de pessoas e de veículos. Com a rua sem calçamento nem os taxistas se sentiam seguros em transitar, agora a realidade será outra”, destacou.

 

Maria Ângela, comerciante

 

“Muito ruim”, esse foi o termo usado repetidas vezes pela aposentada, Lindinalva da Silva, quando perguntada sobre a situação da rua sem calçamento. “Muito ruim a situação dessa rua quando a deixei e fui morar fora do estado e muito ruim a situação dela quando retornei há pouco menos de 20 anos. Muita lama, muita poeira, o que acarretou em espirros, gripe, tudo isso por conta da situação da rua. Agora estou feliz pela melhoria que já está acontecendo. São Cristóvão não é uma cidade pequena e essa gestão é a única que mostrou interesse em arrumar as ruas. Essa boa vontade nos traz mais alegria e esperança. Graças a Deus não vou precisar ir embora daqui e tudo vai melhorar”, enfatizou.

 

Lindinalva da Silva, aposentada

 

Andamento da obra e compromisso da gestão

 

Com a obra em fase de drenagem pluvial, o gerente operacional da empresa responsável pelo serviço, Caio Santana, afirmou que “são aproximadamente 520 metros linear, por 6 de largura. A obra será de pavimentação granítica e estamos executando a primeira parte, que é a drenagem pluvial. Estamos aproveitando o tempo firme para que possamos cumprir com o prazo estabelecido, para que atendamos da melhor forma às necessidades da população”, explicou.

 

Caio Santana, gerente operacional da empresa responsável pelo serviço

 

Com tantos elogios e agradecimentos por todos os pontos da cidade, o secretário da Seminfra, Julio do Nascimento Júnior, destaca a sua satisfação em fazer jus aos propósitos da gestão, que é o de promover mais qualidade de vida e segurança aos sancristovenes. “Trata-se de um investimento que promove segurança, mobilidade, acessibilidade e que se reflete em saúde e qualidade de vida. Em breve esta será mais uma entre das dez ruas que já pavimentamos no Tijuquinha, além das oito no Luiz Alves. Espero acompanhar de perto a satisfação desses moradores com o resultado da obra concluída”, pontuou o secretário.

 

Julio do Nascimento Júnior, secretário da Seminfra

 

 

 

 

Fotos: Heitor Xavier e Dani Santos