Atletas assinam termo de adesão ao Programa Bolsa Atleta 2022

29/09/2022 - 18:26 Atualizado há 8 horas



A manhã desta quinta-feira (29), na Prefeitura de São Cristóvão, foi de muita alegria para os 16 atletas que serão beneficiados pelo Programa Bolsa Atleta 2022. A solenidade ocorreu no Paço Municipal e contou com a presença do Prefeito Marcos Santana, a equipe da Secretaria Municipal de Esporte e Lazer (Semel), atletas e familiares, além dos alunos da EMEF Gina Franco.

 

 

O Programa Bolsa Atleta é um benefício concedido pela Prefeitura Municipal de São Cristóvão, por meio da Semel, regulamentado pelo Decreto nº 158/2019 com foco no atendimento a atletas e paratletas de desportos de rendimento em modalidades individuais e coletivas reconhecidas pelo Comitê Olímpico Brasileiro (COB) e Comitê Paralímpico Brasileiro (CPB). Ao todo são 16 bolsas distribuídas em três categorias de atletas sancristovenses, sendo elas: atletas de 18 a 60 anos, atletas estudantis de 12 a 17 anos e paratletas.

 

Representando todos os demais, a paratleta Maria Gilda usou a palavra para agradecer a gestão municipal por se preocupar com o esporte. “Um dia eu estive no lugar de vocês. Enquanto aluna de escola pública eu sempre quis estar no esporte pois é ele que liberta, educa, transforma indivíduos e famílias. Hoje estamos aqui para agradecer e dizer que eu cheguei em algum lugar porque o esporte me proporcionou isso e teve leis e pessoas que pensaram no melhor através do esporte para gente”, expressou.

 

Maria Gilda, paratleta

 

O Prefeito de São Cristóvão, Marcos Santana, ressaltou que esta é a quarta edição do Programa Bolsa Atleta, destacou a transparência do processo seletivo, e mencionou os recentes esforços da gestão na promoção da atividade física como as obras de revitalização da Bica dos Pintos e do Ginásio de Esportes Lourival Batista.

 

“Eu só peço que independente do resultado das competições que vocês participem, que vocês estejam com o símbolo do nosso Programa Bolsa Atleta como os outros esportistas fazem. Nós queremos que a nossa cidade seja vista como uma cidade que incentiva o esporte, que se pratica esporte, pois uma cidade que pratica esporte incentiva uma melhor qualidade de vida. Nós estamos incentivando que as crianças e os jovens saiam do caminho que não é bom e que tenham uma possibilidade de inclusão efetiva paras suas vidas”, enfatizou.

 

Prefeito Marcos Santana

 

Para o secretário da Semel, Klewerton Siqueira, são dezesseis atletas que passam a ser referência no município, e que já tem nomes reconhecidos como Duda Lisboa, João Marcos e a própria Maria Gilda. “Contem conosco e vamos torcer para que esse programa seja contínuo no nosso município. Nós sabemos que as gestões passam, mas o legado de transformação, pertencimento e orgulho de vocês dizer e de falarem para vocês mesmos: nós somos sancristovenses, fica. Essa bandeira é nossa e essa luta continuará sendo nossa”, disse.

 

Klewerton Siqueira, secretário da Semel

 

Opinião dos atletas

 

O atleta João Marcos foi um dos contemplados e comenta como se sente grato ao ver o esporte recebendo investimento no município depois de muitos anos. “Eu pratico esporte há 10 anos e nunca vi um projeto tão grande que abrangesse todos os esportes como o Bolsa Atleta. Para mim é uma honra estar fazendo parte, mais um ano, desse programa.  Não só os atletas ganham, o município todo ganha também”, explicou.

 

João Marcos, atleta

 

Tarcísio Alves Barboza é paratleta e foi contemplado pela primeira vez pelo Programa Bolsa Atleta. “A sensação é ótima, porque acho que é um mérito meu e fruto de muito trabalho e persistência no que eu faço. Esse programa é necessário porque sabemos que o investimento do esporte no Brasil é escasso, então essa ação abre portas para que outros estados façam o mesmo”, concluiu.

 

Tarcísio Barboza, paratleta

 

Rai Leal, atleta estudantil

 

Lucivânia Santos, paratleta

 

Fotos: Heitor Xavier