Alunos dos 2º anos passam por avaliação de fluência em leitura e Língua Portuguesa

02/09/2021 - 14:33 Atualizado há 51 minutos



Analisando o processo de fluência em português dos alunos dos 2º anos, a Secretaria Municipal de Educação (Semed) vem realizando uma avaliação generalizada com intenção de diagnosticar fatores como: velocidade de leitura e o tempo para pronunciar cada palavra, entre outros pontos. Anteriormente, a equipe da Semed realizou um processo de formação com os professores, com distribuição de material envolvendo essa temática, e agora esses profissionais estão na prática empregando a avaliação de rede, para entender vislumbrar a evolução dos estudantes.

 


“Aconteceu em 2019, para avaliarmos o nível de leitura desses de todos os alunos dos segundos anos da Rede Municipal. Agora em 2021 teremos a implantação do Programa Alfabetização Pra Valer, que é uma parceria entre o Estado de Sergipe e os municípios, numa espécie de regime de colaboração. Esse processo que consta no Pacto Sergipano Pela Alfabetização Na Idade Certa (Alfabetizar Pra Valer)”, disse a coordenadora pedagógica do município, Deise Barroso, que também pontuou que a partir deste diagnóstico, “a Semed vai colocar em prática mecanismos que contribuam para o aprendizado dos estudantes, a partir de suas necessidades, incentivando com que leiam e entendam”.

 

 

Segundo explicou a coordenadora da Escola Municipal Lourival Baptista, Célia Silva Salvador, todo o processo de leitura é gravado, em áudio, pra que um software faça a análise do tempo de leitura destes alunos, bem como a escola disponibiliza uma professora, para acompanhar cada aluno. “Aqui na Escola Lourival Baptista teremos 40 alunos passando por esse processo de fluência. Sincronizamos voz e leitura, para que assim possamos futuramos trabalhar as dificuldades desses alunos”, pontuou.

 

 

Para a professora Emille Raquel Ramos dos Santos, que vem seguindo os alunos no processo da avaliação da fluência, o processo é todo válido, e certamente refletirá em melhorias na área de leitura e desenvolvimento do aprendizado em Língua Portuguesa. “Vem sendo bem interessante para nós avaliarmos os alunos, inclusive também sobre o impacto da pandemia no processo de retardo dessa fluência na leitura. Após essa análise teremos mais embasamento para criarmos formas de nos comunicarmos melhor com nossos alunos”, explicou.

Emille Raquel 

Deise Barroso

 

 


Fotos: Heitor Xavier.