Alunos da Rede Municipal passam por consulta oftalmológica

07/10/2021 - 17:17 Atualizado há 11 horas



A multinacional francesa Essilor, através do Instituto Ver e Viver (IVV), realizou na manhã desta quinta-feira, 07, a consulta oftalmológica dos alunos da Escola Municipal Major Teles, localizada no povoado Cabita. A ação é a terceira etapa de um grande trabalho voltado para a facilitação do aprendizado, a partir da regularização da visão. Essa iniciativa, que tem o apoio da Sociedade Sergipana de Oftalmologia e Rotary Clube, pretende distribuir gratuitamente 800 óculos para alunos da Rede Municipal de Ensino.

 

 

“Já distribuímos 2.000 óculos para estudantes de escolas públicas de Aracaju, e agora estamos estendendo esse atendimento para outros municípios, como São Cristóvão, onde vamos entregar 800 óculos nas próximas semanas. Sabemos que a visão é ponto fundamental no processo de aprendizagem, e que a baixa visão provoca baixo índice de absorção de informação, por isto a importância dessas crianças enxergarem bem o quanto antes”, disse o gerente territorial da Essilor, Antônio Neto.

 

 

Segundo a professora Luciane dos Santos, que acompanhou todo o processo de triagem dos alunos, do 1º ao 5º ano, necessitados de óculos e que também participou de pré-avaliação dos mesmos, agora é o momento de confirmação dos possíveis problemas de visão dessas crianças. “Há mais de dois meses estamos indo às escolas e fazendo uma pré-avaliação dos estudantes como forma de encaminharmos aos médicos apenas os casos que possivelmente necessitarão de óculos. Hoje, os alunos estão fazendo a parte da avaliação clínica e o próximo passo será a confecção das lentes e armações. Estamos muito felizes por eles serem contemplados por essa iniciativa da Essilor, que recebeu total apoio da Secretaria Municipal de Educação de São Cristóvão”, pontuou Luciane.

 

 

De acordo com o médico, Edgar Menezes, o trabalho de examinar os alunos acontece a partir da residência do grupo de oftalmologistas que compõe o Hospital dos Olhos de Sergipe. “Estamos trabalhando para proporcionarmos uma visão melhor a essas crianças, que estão numa época da vida onde a visão tem papel fundamental no aprendizado em sala de aula, pois enxergar bem impacta no cotidiano dos estudantes”, frisou o oftalmologista.

 

Luciene dos Santos

 

Edgar Menezes

Antônio Neto

 


Fotos: Dani Santos.