Ação itinerante do CRAS leva serviços básicos para as comunidades rurais do município

09/07/2021 - 21:11 Atualizado há 1 dia



Para facilitar o acesso das comunidades rurais aos serviços sociais disponibilizados pela Prefeitura de São Cristóvão, a Secretaria Municipal de Assistência Social e do Trabalho (Semast) está realizando ações que levam o Centro de Referência da Assistência Social (CRAS) aos povoados. Seguindo um cronograma específico estabelecido, nesta sexta-feira o serviço itinerante do Cras visitou o povoado Parque Santa Rita.

 

Segundo Paula Cardoso, coordenadora do CRAS São Cristóvão, quem procurar a ação vai encontrar três tipos de benefícios para que a pessoa possa se cadastrar. “Nós estamos aqui com o serviço de Proteção e Atendimento Integral às Famílias (PAIF), que é o atendimento feito por assistentes sociais e psicólogos a pessoas que estão em situação de vulnerabilidade e que podem ter um acompanhamento contínuo da nossa equipe, temos também o Cadastro Único sendo disponibilizado aqui para as pessoas atualizarem no sistema ou para os que não possuem se cadastrarem no benefício. E por último, temos também a avaliação da segurança alimentar das famílias através de um profissional”, explicou Paula.

 

Paula Cardoso, coordenadora do CRAS

 

A ação, além de fortalecer o vínculo da comunidade com o poder público, visa também conhecer de perto as realidades das famílias dos povoados. Uma dessas famílias é a da senhora Maria Brás de 43 anos. “Atualmente estou desempregada, e moro com meu marido que já está aposentado. Todo o dinheiro dele vai para remédios, e a gente tem que se alimentar com o pouco que resta. Espero que eu consiga me cadastrar no Cadastro Único para poder conseguir os benefícios da gente”, frisou a moradora.

 

 

Um dos pontos abordados na ocasião foi a segurança alimentar e nutricional das famílias da região. Através da resposta de um questionário elaborado, a Semast poderá identificar as especificidades e necessidades de cada família no que diz respeito à segurança nutricional. Para Samidayane Moreira, nutricionista do Centro de Segurança Alimentar e Nutricional (Cesan), iniciativas como essa são muito importantes para ter uma noção básica acerca da realidade das famílias.

 

 

“Muitas comunidades ficam afastadas de alguns programas, então nós estamos trazendo o programa até as comunidades que possuem essa dificuldade. É muito importante porque com isso nós conseguimos criar gráficos que nos darão parâmetros para entender a situação alimentar dessa comunidade”, finalizou a nutricionista.

Seguindo o cronograma da Semast, a próxima parada do CRAS itinerante será no próximo dia 14, quarta-feira, na associação de moradores do povoado Aningas.

Fotos: Inácio Prado